terça-feira, 1 de abril de 2014

Galáxias


À primeira vista, quando pensamos em galáxias, parecemos estar tratando sobre um assunto simples, um agrupamento de estrelas e planetas; mas tratando-se do Universo que conhecemos, existem maravilhas escondidas sobre os mais diversos assuntos, agora então vamos aprender sobre essas gigantescas e maravilhosas criações do universo. 
Quando falamos sobre galáxias devemos observar que existem dois tipos principais a serem observados; galáxias elípticas ou galáxias em espiral:

Galáxias Espirais:


Assim como a nossa Via-Láctea, possuem um formato de redemoinho, com braços que se estendem ao seu alcance; com um disco central fixo; são formados geralmente por muito gás e poeira ainda vagando por seu interior. 





Galáxias Elípticas:


Possuem um formato, que como ja sugerido pelo nome, é elíptico, redondo e sem os braços em redemoinho espiral. Acredita-se que a grande maioria das estrelas contidas em galáxias elípticas ja tenham sido totalmente formadas, por isso não possuem tanto gás ou poeira em seu interior, pois ja teriam se agrupado formando estrelas novas.



Existe também um terceiro tipo chamado de galáxia irregular; que não tem forma ou tamanho definido.








A União de diversas galáxias é denominada de Aglomerado.
Galáxias podem conter um único centro, ou um centro orbital entre duas estrelas dominantes; resultante muitas vezes da união de duas galáxias diferentes. Como é o caso da galáxia M31 ou como conhecemos, Andômeda; que é também a galáxia mais próxima da Via-Láctea com cerca de 2,54 mi (milhões) Anos-Luz de distância da nossa.
 Estima-se que essas duas galáxias, por estarem tão próximas, estejam uma dentro do campo gravitacional da outra; o que inevitavelmente resultará numa união entre as duas futuramente.
Veja a simulação em vídeo:


Mas este fato não deve te alarmar, afinal isso só vai acontecer daqui a alguns milhões de anos. 
Quando acontece a união de duas galáxias, existe a possibilidade de que nem mesmo seus planetas cheguem a se chocar, pois o espaço é grande entre eles; porém sua estrutura é completamente mudada.

Algumas galáxias ainda possuem um obscuro segredo em seu interior. Toda galáxia cresce e orbita em torno de algo com uma gravidade suficientemente forte para sua formação, e a grande maioria delas orbita a força mais mortal e incompreendida que existe no universo, um Buraco Negro, ,como é o caso da Via-Láctea, sabemos disso pela observação de seu centro ou através do fenômeno mais incrível existente, um Quasar.



Veja agora fotos incríveis de algumas galáxias:




Esta galáxia é chamada de Galáxia Sombrero, graças às suas abas laterais:
 Nome Científico: M104 , NGC 4594
 Dimensões: 8',7 x 3',5
 Distância: 28 mi (anos- luz)






Esta é chamada de Andrômeda, é a galáxia mais próxima da Via-láctea e futuramente se unirá a nossa.
Nome Científico: M31, NGC 224
Dimenões: 190' x 60' 
Distância: 2,54 mi (Anos-luz)




Galáxia-anã Cão Maior, está ainda mais próxia do que a Andrômeda, entretanto por ser pequena não causaria tanto impacto.
Nome Científico: Canis Majoris - galáxias anãs não recebem catalogação.
Dimensões: 12' x 12'
Distância: 42.000 (anos-luz)



A galáxia Ngc 1512
Distância: 30 mi (anos-luz)














Também chamado de "VirgoA", além de notável, é a galáxia dominante do Aglomerado de Virgem.
Nome Científico: M87
Dimensões: 8',3 x 6',6
Distância: 60 mi (anos-luz)





Postagens populares

O Blog Filosofia Esotérica Brasil é de mesma autoria do Consciência Estelar, vote para melhor blog!

O QUE PROCURA? ACHE POR AQUI!