domingo, 3 de novembro de 2013

Ano I dia 32 da Aurora Dourada


No dia 21 de dezembro de 2012 o tempo foi ressetado no planeta Terra. Começamos uma nova era e um novo calendário. O tempo sozinho não existe. O que existe é um continuum espaço/tempo. Esse continuum é pura energia, como também pode ser tratado como partícula/massa. É por isso que pode ser endereçado, como quando lançamos um satélite para Marte na direção do local onde Marte estará daqui a meses ou anos. É o que o técnico Claudio Coutinho chamava de “ponto futuro”.

Portanto, podemos endereçar o futuro. Quando um elétron recebe uma carga de energia ele salta para uma órbita maior até que perca essa energia e volte para a órbita de onde saiu. Ele troca de lugar recebendo mais energia. Ele estava seguindo uma rota no continuum e pulou para outra rota. Ele tinha um determinado futuro e agora está em outro futuro alternativo (a nova órbita). No caso do planeta Terra acontece a mesma coisa. Ele vinha seguindo um determinado futuro.

Quando recebeu a energia em 21 de dezembro de 2012 ele saltou para um futuro alternativo. O continuum espaço/tempo multidimenssional foi alterado. Todo o planeta está sendo energizado e seus habitantes também. Isso provocará um salto de consciência gigantesco. Antes que falem que a órbita está a mesma, devo lembrar que o planeta existe em várias dimensões da realidade. No momento, 32 dias depois, temos uma grande parte dos habitantes em polvorosa.

As hierarquias negativas estão sendo afastadas gradualmente. O nível máximo negativo já foi afastado. Estamos agora cuidando dos gerentes. Todos estão recebendo as devidas oportunidades de evolução, mais uma vez. Depende de eles aceitarem a Luz ou não. Já se passou um mês. Uma catarse leve poderia ter sido aceita. Continua havendo resistência ao Amor Incondicional. Com o passar dos meses a catarse aprofundar-se-á. É inevitável.

Quanto antes a mudança de consciência acontecer menores os problemas no futuro. A limpeza tem de acontecer para que o planeta possa vivenciar uma era de paz e fraternidade. O tempo urge. Cada um deve se posicionar. Lembrem-se que não dá para parar o processo e não dá para sair do planeta. Todos devem considerar o seguinte: A ciência da complexidade mostra que duas coisas interagindo com complexidades muito diferentes é inviável ao longo do tempo. Uma delas terá de diminuir sua complexidade. Isso é o normal.

Ou uma delas aumentar sua complexidade para diminuir a diferença em relação à outra. Essa é a questão agora para a humanidade. De um lado temos o Todo, do outro a humanidade. Hoje a diferença é astronômica entre a consciência de Um e de outro. E a complexidade também. Isso é impossível de permanecer. A in-formação que entrou em 21 de dezembro de 2012 foi e é para diminuir essa diferença. Agora vejamos, o Todo não pode diminuir Sua complexidade, logo a humanidade tem de aumentar a sua. Isso é feito com a expansão da consciência.

O paradigma (sistema de crenças) humano tem de mudar. Do jeito que está é impossível continuar. Ou se ajusta elevando a complexidade ou diminuindo. De um jeito ou de outro ficará mais perto do Todo. Isso é o que está acontecendo no momento. Levará um tempo esse ajuste, mas não é infinito. Cada um deve expandir sua consciência para que a humanidade consiga essa elevação. Isso pode ser feito de uma maneira suave ou com problemas e mais problemas criados pela própria humanidade.




Fonte: http://heliocouto.blogspot.com.br

Postagens populares

O Blog Filosofia Esotérica Brasil é de mesma autoria do Consciência Estelar, vote para melhor blog!

O QUE PROCURA? ACHE POR AQUI!