sexta-feira, 5 de julho de 2013

ANCORANDO O SEU CORPO DE LUZ






Por Soluntra King
do livro, “Despertar do Corpo de Luz”.



Nosso corpo físico é sempre Luz, ele apenas vibra em uma frequência diferente de Luz do que os nossos outros corpos que não estão na terceira dimensão.

Nós sempre nos libertamos do corpo físico, seja através da morte e da ilusão de que nós somente podemos ser o nosso Corpo de Luz, nas frequências mais elevadas fora do corpo, mantendo-nos na roda cármica e na consciência da separação de tudo que está lá fora.

Ou como um alto sacerdote ou sacerdotisa, yogui, shamã, homem/mulher sábia, onde teríamos habilidades metafísicas inacreditáveis, então por que estamos de volta aqui agora como uma pessoa simples e normal? Em nossas iniciações, nós sempre tentamos voltar ao nosso lar nas estrelas, ou para outros espaços e nós não experienciamos muito acerca de estarmos aqui.

No templo ou na caverna, nós não tínhamos que nos preocupar com dinheiro, conseguir o alimento, abrigo e responsabilidades que vêm com a vida terrestre, nas famílias e em outros relacionamentos que não experienciamos. Nós estávamos mantendo o feixe de luz em um tempo muito denso no planeta e então estávamos focalizados puramente no espírito.

Mas estávamos ainda na negação de sermos um corpo e então agora estamos aprendendo a experiência do corpo para nos integrarmos plenamente, neste tempo, como uma pessoa comum, lidando com todas as iniciações da vida diária. Nossos maiores presentes são através dos relacionamentos e do dinheiro, da sobrevivência, algo sobre o qual não tínhamos de saber antes enquanto uma pessoa espiritual.
Compreender que não podemos nos evadir, mas nos resignarmos a estar em um corpo e viver a vida na Terra como ela é, é o nosso maior desafio.Em outras palavras vindas de Deus em nós, Amando e Aceitando tudo o que somos e experienciamos, vendo tudo isto, como divino e belo, amado de Deus.

A fim de fazermos isto, nós precisamos estar em um corpo cem por cento, de modo que possamos verdadeiramente ser um ser espiritual na matéria, a união sagrada é completa,Céu e Terra são um através de nós. Somente ao estarmos em um corpo, nós poderemos ser o instrumento para a união, e então pararmos de girar em torno da roda da morte e do renascimento, conquanto estamos agora plenamente integrados como nosso Corpo de Luz na Céu e na Terra.

Olhando para isto da cena mais ampla e do drama Cósmico, nós também voltamos nos corpos, para repararmos a nossa criação, quando os nossos aspectos mais unidos são Deuses/Deusas Criadores. Nós criamos a vida com apenas dois cordões de DNA, sem divindade completa e através de problemas de poder e controle, encaminhava-se ao ponto da auto-destruição.

Nosso futuro parecia desolado, se mantivéssemos isto assim, então a fim de resolver isto e unir, nós estamos agora encarnados em nossa criação, descemos para a matéria como o único caminho para que possamos nos liberar de dentro da matéria e da limitação.

Então nós estamos ocupados com a nossa cura, o nosso despertar e a nossa ativação, com toda a ajuda dos mundos não físicos conquanto eles são outros aspectos dimensionais do eu.

Para nos iluminarmos interiormente, ativarmos o nosso DNA, os códigos de Luz da criação armazenaram-se dentro de nós e quando nós o fazemos, nos tornamos o ser de luz radiante, que realmente somos, um Sol radiante quando a Terra se tornar um Sol, o Sol um Sol Central, O Sol Central um Sol Central Maior, de volta à Fonte, quando todos experienciarão uma festa de graduação, nós somos todos um e unidos nos moveremos através do Buraco Negro e afora para outro prisma da criação.

Quando estamos na consciência da separação, não podemos estar totalmente presentes no corpo, ao estarmos presentes, ficaremos tão expandidos que estaremos em todos os mundos de uma vez, conscientemente, na consciência da unidade.

Quando estamos fora do nosso corpo, há ainda uma separação e nível de medo, por estarmos nele, e sendo quem realmente somos – Deus. Há muitos meios pelos quais permanecemos fora do corpo, e a causa é o medo e de sentirmo-nos limitados, mas quanto mais limitações temos, mais ilimitados nos tornamos, elas são o presente.

Então, quando entramos no corpo na concepção, e no mundo pelo nascimento do espírito, nós podemos receber quase um choque, ficarmos ansiosos e traumatizados, enquanto nos tornamos matéria, em um corpo e descemos para a ilusão da separação e do julgamento.

Assim é somente por amarmos e aceitarmos plenamente o corpo e a Terra, que nós nos libertamos, sermos no mundo, mas não dele, estando a nossa Divindade totalmente presente em nosso corpo. Quando nos focalizamos principalmente no espiritual, sem um equilíbrio, nós ficamos frequentemente em nossos chacras superiores e os chacras básico e da Estrela da Terra são pouco ativos.

Também quando as pessoas começam primeiro a meditar, elas podem se sentir tranquilas, relaxadas, maravilhosas e leves, mas quando elas terminam a sua meditação e elas sentem que têm que voltar ao corpo…elas se chocam. Isto significa que elas estão fora do corpo e assim nunca poderão realmente se curar e se transformar, enquanto há tanto medo e negação.

Frequentemente quando estamos no Amor e na Luz, nós somos como uma bela fada que dança junto ao chão todo o tempo, sentindo-nos elevados com a nossa meditação, curando-nos e despertando para todas as coisas espirituais e metafísicas e vendo que o amor em toda parte é grande, mas o que está acontecendo em nossa vida, há ainda problemas de dinheiro?

Significa que há problemas de sobrevivência que estão conectados ao chacra básico, pois quando estamos ancorados e no corpo, nós estamos confiantes e abertos e assim vivemos na abundância. Ou há problemas de relacionamento que nos mostra sobre os medos que ainda mantemos, quando reagimos aos outros, os julgamos ou estabelecemos espectativas, significando tudo que não estamos totalmente presentes e temos medo de nos amar e sermos quem nós realmente somos em um corpo.
Quando ficamos em nossa cabeça muito mentalmente, nós estamos também fora do corpo, assim como todas as distrações que escolhemos para ficarmos fora e não presentes como: trabalho excessivo, luxúria, super ou sub alimentação, exercitar excessivamente ou pouco, vícios e abuso, vícios tecnológicos tais como TV, computador, jogos de computador, internet, vídeo, qualquer coisa que não tenhamos que sentir e ser. A sociedade na terceira e na quarta dimensão é criada para manter a todos sutilmente na consciência da separação, distraídos e assim controlados.
O único meio em relação a isto, é ser multi-dimensional, é amar e compreender todos os nossos medos, quando somos confrontados com eles, até nos tornarmos clarificados e podermos manter as frequências mais elevadas do nosso eu divino e as células se tornarem luz, nós formaremos o nosso Corpo de Luz em nosso corpo físico e dominaremos as nossas moléculas.
Nós poderemos rejuvenescer, bilocarmos, teletransportarmos, movermo-nos através dos mundos e das dimensões em nosso corpo, conquanto o nosso corpo é nosso Corpo de Luz.Então para ascendermos, nós temos que descer totalmente primeiro, amar ao estar em um corpo e não julgarmos, temermos ou tentarmos escapar disto ou nos proteger.

A entrada que funde o espírito e a matéria é o Coração, onde viemos de nossa presença Eu Sou Deus, e amamos e aceitamos toda a criação e o eu na unidade e no amor divino, estamos em paz, na tranquilidade, no eterno, onde tudo é manifesto.

Os mundos dentro dos mundos estão conosco, nós não temos que ir a lugar algum, pois o lar está no Coração e o Coração é o Tudo Que Existe, o fluxo eterno do Amor e da Consciência de Deus, da unidade. Nós nos tornamos um ser ilimitado quando aceitamos e amamos todas as nossas “assim chamadas” limitações, que são somente uma ilusão.

Virmos e descermos das dimensões mais elevadas em um corpo, não é uma tarefa fácil, nós todos viemos do espírito e dependendo de nossa jornada da alma, de diferentes mundos ou dimensões.
É mais fácil morrer do que nascer e nós aprendemos na consciência coletiva da separação e da ilusão que tudo está fora de nós: Deus, o conhecimento, a criatividade, o amor. Alguns de nós/partes de nós, nunca estão totalmente na vida, quando o medo, a ansiedade da sobrevivência, a doença, a co-dependência, e a aprovação, impedem a energia da força da vida de fluir.
Frequentemente, nós não queremos estar aqui sob qualquer condição, o mundo parece muito cruel ou difícil para nós, e então tentamos e escapamos dele. Nós frequentemente fazemos isto, ao abusarmos do nosso corpo, seja através de substâncias: drogas, cigarros, álcool, alimentação, preocupação, ou através de moléstias, agarrando-nos na doença, ou através de nossas ações: luxúria, trabalho excessivo, agitando-nos o tempo todo.

Nós temos esta ânsia da morte, que geralmente é subconsciente, mas ela nos controla, nós podemos estar realmente em um estado de não estarmos totalmente conscientes de nós mesmos, dos outros, ou do nosso ambiente, notarmos o estado do planeta, é possível perder o contato da realidade em nossa negação, e o medo nos levar ao submundo e ao horror, entretanto nós temos que experienciá-lo.
Algumas vezes o que é solicitado de nós é muita luta, ao permitirmos o condicionamento social, observarmos atentamente a pressão e outras pressões através da escola, do trabalho, ou da família, para não nos estressarmos, estas partes nossas não presentes estão no Medo. Já observaram como vocês ficam quando estão em choque, dor, stress, ou em um acidente?
Vocês seguram a sua respiração e assim se mantêm no trauma, ao invés de respirarem neste momento e respirarem na vida. Vocês também deixam o seu corpo, é o seu mecanismo de escape, a dor e o medo os mantêm desconectados de sua fonte, de seu Deus Eu Sou, e de estarem em seu corpo. Quando vocês se movem através do medo, vocês não precisam mais atrair a vocês acidentes e traumas que os estressam, ou se vocês os controlam calmamente e aprendem a respirar, vocês ficam presentes
.
CONCEPÇÃO E NASCIMENTO

Nós estabelecemos padrões quando somos concebidos e através do processo do nascimento, podendo todos parecer muito difíceis e cruéis, especialmente ao considerarmos a paz e o êxtase de onde viemos. Ao voltarmos e curarmos isto, usando a respiração, o Amor e a Aceitação, podemos transmutar em Amor os conceitos de dualidade que tínhamos e sentíamos, e estarmos na alegria da vida.
Quando vocês foram concebidos, como sentiu a sua energia quando vocês estavam chegando? Se a sentem fragmentada, escura, desconectada ou não muito bem, então fiquem conectados com a Fonte através do seu coração e com o núcleo da Terra e voltem à Fonte através do seu coração no Amor Divino e na Unidade.
Inspirem profundamente como vocês estão agora e enviem Amor do seu coração e a Luz Dourada para este raio de energia quando vocês estavam chegando, até que ela se sinta radiante, pacífica e harmoniosa. Como vocês se sentem no útero acerca do mundo exterior?
Quando vocês nasceram, como se sentiu ao descer pelo canal do nascimento e para o mundo, foi a sua respiração, uma respiração plena? Se não foi assim, respirem o Amor e a Aceitação e a Luz Dourada para vocês agora e os enviem a vocês no útero até que se sintam em segurança.
Então para vocês, como recém-nascidos, até que estejam conscientes de vocês mesmos, amando o mundo em que estão entrando, sentindo-se tranquilos e tomando uma inspiração completa para a sua primeira respiração, inspirando Vida. Vejam-se crescendo unos com o Eu Superior, Eu Sou, a presença radiante.

CONSCIÊNCIA DOS MEDOS

Comecem a ter consciência dos seus medos, sejam honestos com vocês mesmos, o medo impede-nos de estarmos aqui em 100%, conscientizem-se de como vocês realmente se sentem sobre vocês, sobre o seu corpo e aparência, sobre a sua idade, sobre a morte, a família, o trabalho e o dinheiro.
Todos estes medos e ansiedades são apenas partes nossas ainda em separação.Ao amá-los e aceitá-los, nós podemos transmutá-los e aprendermos a experienciar a paz e a alegria sobre a nossa vida.Para fazerem isto, apenas reconheçam o medo, então respirem profundamente, respiração abdominal dentro do medo com respirações profundas e lentas, recebendo todo o prana e a energia da força da vida na direção do medo, escuridão e declínio nas células.
Imaginem que vocês estão respirando na Luz Dourada enquanto fazem isto e com as palavras “Eu estou amando-o, aceitando-o, entregando e compreendendo-o”, seja qual for o medo, a Luz Dourada ilumina as células.

ESTANDO AQUI EM SEGURANÇA

Poderia também ser um sentimento de “não estar seguro aqui”, ou “Eu fui enviado ao planeta errado, ilumine-me Scotty”, este estado de consciência não é tão predominante agora, conquanto a maior parte da humanidade está aceitando a sua divindade a um nível da alma e sua aceitação e entrega ao desejo divino.
Especialmente com a Grande Cruz em 11/9/99, e o alinhamento dos planetas em 05/05/2000, assim como o processo de ascender através das entradas cíclicas, Solstícios, Equinócios e Eclipses, assim como os vários Stargates se abrindo e as Grades entrando na oitava mais elevada.
Nós temos que lembrar é que se viemos de outro universo ou não, das Naves de Luz, do Sol Central, de uma estrela ou de um Concílio de Luz, não há erros. Nós escolhemos estar aqui, neste corpo particular, e enquanto nos purificamos, nós nos lembramos de todos os nossos aspectos do eu multi-dimensional, de volta à essência unificada na Fonte.

FUNDINDO NOSSOS FRAGMENTOS

Nós nos fragmentamos quando deixamos a Fonte e nos tornamos criação, vocês não têm que saber quais são todos os fragmentos de todos os mundos paralelos e dimensões, mas através da intenção e da oração, conectando-se com a Fonte e com a Terra, no Amor Divino e na Unidade, estejam conscientes do Sol Dourado em seu Coração e atraiam todos os fragmentos com amor em seu coração.
Enquanto assim o fazem, vocês perceberão o Sol Dourado interior, ficar mais brilhante e mais radiante, quente e amoroso, calmo e pacífico, vocês agora têm muito mais energia, podendo utilizá-la e enviá-la para todas as suas células para rejuvenescê-las, ou enviá-la para uma área de desequilíbrio, para clarificar e transmutar o bloqueio, ou enviá-la para a sua faculdade criativa para um projeto de sua criatividade.

O AMOR DO EU

O segredo para curar tudo isto é muito simplesmente amar-se, incondicionalmente, exatamente como vocês são.Posicionem-se em frente ao espelho e olhem dentro dos seus olhos, seus olhos brilham de volta para vocês de sua alma.

Curem a alma, sintam o Amor Íntimo, a Beleza Interior, o Deus Interior e vocês extravasarão tal energia que todos se sintonizarão nesta energia e a sentirão por si mesmos, abertos ao Amor e à Beleza Interior deles mesmos e vejam então a beleza que vocês são.

Seu corpo físico responderá às mensagens amorosas e elevadas que vocês estão lhe dando, rejuvenescendo e curando, tentem-no e vejam. Nós somos energia e quando não há bloqueios para esta energia através do medo e do julgamento, então a energia flui livremente e nossos corpos ficam equilibrados e vivos.
Uma vez que podemos amar nossa experiência de descer para a matéria e aceitarmos as limitações, nós as transcendemos e formamos nosso Corpo de Luz em nosso Corpo Físico. Para ascendermos não temos que ir a nenhum lugar, mas estarmos aqui totalmente presentes. É uma ilusão de que temos de nos tornar iluminados, ou nos tornarmos o aspecto mais elevado de nós mesmos.

Nós já somos Deus, tudo que temos de fazer é lembrarmo-nos disto, e amarmo-nos exatamente como nós somos e a todos, através da aceitação total, então as células se tornam mais clarificadas, nós ativamos a Luz interior, a Kundalini pode elevar-se facilmente, e adquirimos a nossa sabedoria e o amor, enquanto nós nos unificamos com a Fonte e com toda a Criação.

Através disto, nós fazemos o maior serviço de simplesmente Sermos e permitirmos a todos os outros que também Sejam, enquanto vemos o divino em tudo, assim fazemos nossa missão como co-criadores enquanto espiritualizamos a matéria, que missão e que diversão!

Honrem seu belo corpo e lhe dê muita água, alimento nutritivo, descanso, exercício, ar fresco e um ambiente harmonioso, tempo para ficarem calmos confiem que vocês são cuidados e que todas as suas necessidades serão atendidas, é o momento de apreciarem por estar em um corpo neste belo planeta, e participarem com alegria em nossos corações, enquanto nos movemos além dos véus do medo e criamos o Céu na Terra.
Nós somos seres multidimensionais em um planeta multidimensional e quando pudermos nos aceitar e a tudo como é Agora, nós abrimos a entrada de nosso coração para a placidez onde tudo é manifesto e nós mudamos os mundos.
——————————————————————————–
Direitos Autorais 2000 Soluntra Todos os direitos reservados
PO Box 46 Kin Kin Qld 4571 Austrália
Ph/Fax + 61 (0)7 5486 7138 email soluntra@evenstarcreations.com
Web site www.evenstarcreations.com

Traduzido por: Regina Drumond – reginamadrumond@yahoo.com.br

FONTE: http://www.luzdegaia.org/

Postagens populares

O Blog Filosofia Esotérica Brasil é de mesma autoria do Consciência Estelar, vote para melhor blog!

O QUE PROCURA? ACHE POR AQUI!