quarta-feira, 11 de julho de 2012

O PORTAL 11.11



Por: Socorro Viana – Outubro de 2004

“O portal 11.11 é um gatilho pré-codificado colocado dentro de nossos bancos celulares de memória, que, quando acionado, significa que nosso tempo de conclusão está próximo”.


INFORMAÇÕES BÁSICAS:

-O Portal 11.11 não é o primeiro de ascensão a se abrir neste planeta. Um Portal anterior foi aberto quando grandes civilizações desapareceram do planeta Terra. Este Portal era de ascensão, mas não era uma mudança de modelos como este que temos diante de nós agora.

-O Portal 11.11 é nossa oportunidade de alterar as espirais da evolução e nos movermos para o Sistema do Grande Sol Central. Na Unidade, esta importante tarefa deverá ser cumprida.

-A ativação do Portal 11.11, ocorrido em 11 de janeiro de 1992, é o começo do trabalho das nossas vidas. É nossa volta ao Lar. É o cumprimento das nossas missões Divinas e o ancoramento do Modelo da Unidade.

-O 11.11 não é um outro portão-estelar; é nossa ponte para a ascensão. É nossa porta de entrada para o Lar. Estamos esperando éons por este momento. Combatemos, labutamos, ansiamos, rezamos para isto acontecer. É o Primeiro Portão da Nova Oitava.

-O 11.11 é o tempo de conclusão, graduação, maestria, autorização, personificação de nossa Mais Alta Verdade, libertação, sagrada união, Amor Verdadeiro, Um Só Coração, Unidade.

-Este é o mapa para os próximos 20 anos. Todos estão sendo chamados ao Lar: Os Grandes Anjos Solares de Ouro do Grande Sol Central, as grandes linhagens estelares, EL, AN, RA, as Legiões do Arcanjo Miguel, a ordem de Melquizedec, a vasta coletiva Família AN.

“Aqui estamos nós equilibrados à beira da grande aventura, que nós, nós mesmos, apelamos para acontecer!”


ATIVAÇÃO DO PORTAL:

- Estamos em meio a grandes mudanças. A batalha final pela supremacia e controle, fruto da dualidade está acontecendo agora. De forma a levar a cabo isso, sobreviver a estes tempos tumultuosos, a única solução é um alinhamento irrevogável com o nosso Mais Alto Propósito.

- As profecias medonhas do futuro, estão baseadas nos padrões de terceira dimensão. Elas não emanam da Grande Realidade.

- Sempre que começar a ser arrastado pela ilusão da dualidade, simplesmente realinhe seu ser enquanto afirma, que você não aceita esta realidade. Permaneça focalizado no Grande Despertar, que está atuando, neste momento, na Terra. Visualize o Portal 11.11. Este é um arco ativado servindo de ponte para as Oitavas de Harmonia, Paz, e Unidade.

-Esta ancoragem do nosso ser no modelo da Unidade (e não, da dualidade) é crucial para o cumprimento do Plano Divino na Terra. Nosso compromisso total é exigido agora.

-O símbolo 11.11 foi precodificado em nossos bancos celulares de memória antes da nossa descida inicial na matéria. Ficou adormecido durante todo o ciclo existencial e permanece calmamente nesse estado, esperando o momento de despertar. Resta a cada um de nós acionar este gatilho, pois nosso tempo de complementação está próximo.


ESTRELAS NASCIDAS:

-Estrelas-Nascidas somos todos nós presentemente encarnados, que sabemos que somos originados de algum lugar além deste planeta. Lembramos que estamos aqui para servir na transmutação da matéria.

-Na verdade, todos nós somos Estrelas-Nascidas. Contudo, para maior clareza, dividimos as Estrelas-Nascidas em três grupos:

�- O primeiro grupo – contém aqueles que se lembram de quem são. Podemos chamá-los de Despertos. Para os despertos, encontrar um ao outro é suas maior alegria. Saber que existem outros despertos e que estão a serviço da Unidade, é um motivo de alegria. Estes são pilares energéticos sobre a Terra, verdadeiros vórtices;

�- O segundo grupo – são aqueles em processo de rememoração. Estes que se encontram despertos, tem a responsabilidade de despertar os que estão em processo de despertar. Demanda trabalho e tempo para despertar. Por isso, todos aqueles que se encontram a serviço, desdobram-se para que isso aconteça o mais rápido possível;

�- O terceiro grupo – são aqueles que escolheram não lembrar. É importante lembrar que estes são bons como estão. A escolha foi livre. Nosso trabalho não é despertar forçosamente ninguém antes de sentirem-se prontos. Conhecemos muitas pessoas nesta categoria; vivemos e trabalhamos com elas. Não é nossa função puxar a pessoa pela Porta. Nosso desafio é continuar permanecendo firmemente em nosso próprio Feixe de Luz e não polarizar de volta à dualidade.


SALTOS QUÂNTICOS:

Aconteceram alguns saltos quânticos que nos colocaram nesse lugar de prontidão atual:

8 31//12/86 – Meditação pela Paz, por John Randolph Price;

8 17/08/87 – Convergência Harmônica por José Argüelles;

8 02/88 – Ligação Terra – Austrália – Descida de um raio de Luz Azul sobre cristais, aflorando os níveis de lembrança (ativação das Legiões de Miguel) – No dia 31 de dezembro de 2.011, quando o Portal 11.11 se fechar, as Legiões de Miguel se dispersarão, pois nosso trabalho aqui estará concluído;

8 20/04/90 – Dia da Terra – celebração da preocupação sobre a Terra, com concertos, festivais;

8 11/07/91 – Eclipse Solar, nas entranhas da Terra;

8 11/11/91 – Ativação da Ordem de Melquizedec, abrindo Portais para a Sabedoria Oculta. Vem à tona tudo aquilo que esteve por tanto tempo escondido;

8 11/01/92 – Ancoramento do Modelo da Unidade.


MUDANÇAS ATRAVÉS DO PORTAL ABERTO:

-A partir do momento em que o Portal 11.11 foi aberto, grandes mudanças passaram a acontecer. Uma delas é nos relacionamentos. Ao associar a Presença Divina ao seu crescimento, ficou sem sentido tentar um relacionamento num nível íntimo com alguém que ainda esteja ancorado na dualidade. Por isso Estrelas-Nascidas passam vários anos de suas vidas sem relacionamentos amorosos. E se os tem, não consegues viver sem problemas;

-Ao viver praticamente só, aprende a viver no silêncio seguindo os ritmos internos. Levanta altas horas da noite para escrever ou ficar sentado em silêncio. O tempo da solidão tem sido um abençoado presente;

-Existem outros que não têm sido muito afortunados. Escondem-se em relacionamentos sem compromissos ou problemáticos, escondendo sua verdadeira essência, ocultando sua própria magnificência;

-Afortunadamente, a chamada de nossa Presença Unificada está ficando mais forte a cada dia. Está se tornando incrivelmente difícil de negar. O medo das perdas diminuirá a cada dia. Não há nada que você necessite ter medo de perder, pois aquilo que verdadeiramente lhe pertence, tudo que ressoa com a Mais Alta Verdade do seu ser, permanecerá.

-Nessas mudanças, entenderemos os processos das Almas Companheiras e Chamas Gêmeas.



Diferença:

Almas Companheiras - são aquelas com quem dividimos uma profunda afinidade interior. No alinhamento atual, precisamos entender que todos somos almas companheiras uns dos outros.

Chamas Gêmeas - são nossos sósias, nossa outra metade, que vivem do outro lado do Portal 11.11, em Oitavas Superiores. Eles raramente descem à matéria e quando o fazem é raro experimentarmos um relacionamento romântico duradouro com eles. Com freqüência as energias são muito intensas para permanecerem. A maior parte do tempo, quando as Chamas Gêmeas vêm a Terra servem para nos estimular em níveis mais elevados e então, misteriosamente, entram e saem da nossa vida.

As Chamas Gêmeas são nossas ligações Cósmicas. Caso elas apareçam em nossa vida ou nos chamem do outro lado do Portal, isto servirá para erguer-nos a níveis mais elevados de consciência. Elas são nossos Amados Sagrados, as partes desaparecidas de nossos seres, que nos impulsionam para obter complementação e união.


A ANTECÂMARA DO PORTAL 11.11

“Isto acontece exatamente agora na Realidade Maior!”.
A TERRA

O que acontece enquanto nos preparamos para nos mover pelo Portal 11.11, com nosso Planeta Escola?

A Terra está passando pelo mesmo processo que nós para ascender, por ser também, estelar.

Se desejarmos entender como está a Terra, podemos alargar nossa visão para vermos que toda poluição, corrupção, etc. é uma ilusão. A verdadeira natureza da Terra reside além do tempo e do espaço.

Simultaneamente, antes do Portal 11.11 se fechar em 31 de dezembro de 2011, com a separação do Modelo da Dualidade e o Modelo da Unidade e das duas espirais de evolução, a Terra largará sua crosta, sua casca, nesse movimento espiralado, removendo todas as porções, inclusive da humanidade.

Como exemplo podemos citar que numa noite adormeceremos no Brasil, na nossa cidade. No outro dia, acordaremos, sem nenhuma mudança, tudo igual. A única coisa diferente é que alguns de nós não mais estaremos ali, teremos desaparecido. Isto não será cruel, pois a própria lembrança de nossa existência sumirá instantaneamente, não tendo nenhum sentimento de perda.

Aliás, o processo de separação para aqueles que escolheram a Unidade já começou e acontecerá gradualmente. Aqueles que estão adentrando no Portal 11.11 já começaram suas viagens aos domínios do Invisível, embora esta passagem dure vinte anos para completar sua trajetória através dos Onze Portais para dentro da Porta. Nestas alturas nós já estamos nos movendo pelas correntes sutis do Invisível.

Se você é um daqueles que escolheu permanecer na dualidade, existe um importante fato a ser lembrado: Não há julgamentos aqui, é simplesmente uma questão de escolha. O serviço é necessário em todos os níveis de evolução. Existem alguns seres brilhantes, muito avançado, que escolheram conscientemente permanecer aqui com a finalidade de servir.


OS ANIMAIS

Para aqueles que se identificam muito com animais, eles também se moverão através dos Portais. Por exemplo:

-Os Gatos – são aptos a trabalhar conosco nos reinos sutis;

-Os Cães – ligados a níveis de proteção e companhia. São seres muito evoluídos.

Em cada espécie de mamíferos, pássaros, répteis, insetos, etc. existem seres muito evoluídos servindo em posição de liderança.

-Os Rinocerontes – pertencem a um canto distante do Sistema Estelar chamado Monóceros.

-Os Golfinhos e as Baleias – são grandes mestres que vivem entre nós desde o início da Terra. São provenientes de Sírius e Canopus respectivamente.

As chamadas criaturas míticas como, unicórnios, dragões, leões alados existem definitivamente num nível mais alto da realidade que podemos enxergar em três dimensões. Quando pudermos enxergar no Invisível, seremos capazes de perceber suas presenças.


ILHAS DE LUZ

Existem algumas porções na Terra que não serão despidas durante a separação final entre a Dualidade e a Unidade. São as chamadas Ilhas de Luz. Estas são as comunidades e os grupos daqueles que ancoraram o Modelo da Unidade.

Quando nos movermos e já estamos nos movendo através do Portal 11.11, nós nos sentiremos compelidos a nos unir a outros. Sentimos necessidade de nos movermos dentro da nova banda de energia, intensificando o chamado.

Muitos de nós ainda não tem claramente a idéia da Ilha de Luz particular, mas elas estão se aproximando rapidamente. Não será um caso de preferência pessoal, mas um caso de ressonância harmônica que chamará você para junto dela.

Enquanto isso há muito que fazer. É hora de fazermos uma limpeza e liberação em tudo o que não mais ressoe em nossa alma. Desde a mobília, livros, discos, troféus, roupas, limpe tudo. Venda, faça tudo para o novo. Vamos ficar iluminados, limpos, prontos para nossas Ilhas de Luz. Quando estivermos nessa posição, não estaremos mais tão suscetíveis às flutuações energéticas da dualidade, como antes. Rodeados de nossa Família Estelar, com níveis similares de consciência, estaremos mais capacitados para nos movermos pelos Onze Portais.

É importante que estas Ilhas de Luz, sejam criadas num estado de máxima pureza. Elas requerem uma completa personificação de quem nós somos. Elas são simples, repletas de Luz e novas. Elas serão iluminadas, brancas, transparentes, estelares. Estarão totalmente ancoradas no Coração do Uno.
O ROMPIMENTO

No rompimento final das cortinas da dualidade

Antes do glorioso novo amanhecer,

Dando meus últimos passos através dos corredores

Do Templo de Iniciação.



Eu parei... esperando por um sinal,

Para não cometer um erro

Para não caminhar fora da rota,

Para não falhar na conclusão de meu teste final.



Lenta, mas firmemente,

Eu alimentei a totalidade de meu ser

No fogo sagrado

Esperando por um sinal de renovação.



Eu, que havia dado minha totalidade por éons.

Que havia servido com total obediência,

Devia encarar ainda outro desafio.

Purificar ainda mais as camadas de meu ser

Até o mais privado âmago interno repousar nu...

Largamente aberto... desprotegido... vulnerável...



Dando as boas-vindas à aniquilação final

Pela qual eu poderia ser libertado de toda a ilusão,

Para que pudesse me erguer como a maravilhosa Fênix.

Renascer de novo... Desimpedida... Livre...


INICIAÇÃO PREPARATÓRIA

“Acorde! Recorde que você é um ser que veio de uma Estrela; que está em uma Estrela e que irá para outra Estrela. Pouse suave. Os Mensageiros orientam.”

(HERMES TRIMEGISTRO – 3.000 a. c)

Podemos denominar esta iniciação como uma preparação para o retorno às estrelas, uma vez que estamos curando padrões antigos da dualidade e trazendo unificação para aqueles que conscientemente escolheram esta forma de evolução.


RITUAL DE MOVIMENTO UNIFICADO
PORTAL 11.11

1) Exercícios do Não-Tempo, Não-Espaço, Não-Dualidade, abrindo a porta do novo;

2) Chamada Interna para o posicionamento na Espiral Sagrada (devendo seguir o chamado interno de assumir um compromisso);

3) Movimento Novo (exercícios);

4) Repetir de mãos dadas: “GRANDES PORTAIS REQUEREM GRANDES CHAVES. A CHAVE QUE ABRIU O PORTAL 11.11 FOI CRIADA POR TODOS NÓS UNIDOS, JUNTOS COMO NUMA ESCALA NUNCA ANTES EXPERIMENTADA NA TERRA. CADA UM DE NÓS É UMA PEÇA DA CHAVE.”

5) Trabalhando os novos chacras:

-O LOTUS (Primeiro, Segundo e Terceiros Chacras) – O lótus das mil pétalas entrelaça suas raízes no antigo chacra da base, unificando nossas forças internas, alinhando nossa vontade no mais puro amor, assinalando a conclusão da divisão entre o espírito e a matéria.

-O CORAÇÃO MAIOR (Quarto Chacra) – Assim que transformarmos nossos corações menores em nosso Coração Maior, nosso Chacra Cardíaco se transforma num modelo mais vasto.

-O OLHO UM (Sexto Chacra) – Quando nos movermos para a Nova Oitava, ocorrerá uma triangulação entre nosso Terceiro Olho e nossos olhos físicos. Isto cria um estado de elevada percepção denominada de Ativação do Olho Um, e ligação com o Olho que Tudo Vê.

-O YOD (Sétimo Chacra) – A maior profunda mudança ocorre em nosso velho Chacra Coronário. Ele se fundiu ao nosso Oitavo e Nono Chacras e se transforma em Yod. Esta haste de Luz é a cobertura do nosso Eu Estelar.

-O CHACRA DESAPARECIDO (O Quinto Chacra) – As funções desse chacra foram assumidas pelos nossos Corações Maiores, alinhados com a compreensão da Unidade.

6) Ligação com a Chama Gêmea:

-visualizar a Estrela da Nossa Presença Unificada no alto de nossa cabeça;

-invocar um feixe de Luz da nossa Estrela, descendo sobre nós, acariciando com seu feixe firme todo o corpo;

-Sentir a presença de toda a humanidade diante de nós;

-Solicitar a Estrela outro feixe de Luz para circundar nosso Verdadeiro Amor;

-Focalizar a Estrela envolvendo ambos com o Amor do Alto;

-Um claro caminho de Luz se abrirá diante de nós Unificados;

-Vamos agora andando lentamente nesse caminho de Luz e nos aproximando do nosso Amor Verdadeiro. Ao mesmo tempo que Nosso Amor Verdadeiro dirige-se se aproximando de nós. Prestar atenção a sacralidade dos sentimentos neste momento;

-Nós e Nossas Chamas se encontram nesse caminho de Lua. Sintamos o feliz reconhecimento entre nós e Eles. Expressemos livremente a gratidão por este momento. Em silêncio vamos permitir este eterno alinhamento.

7) Conexão com os Templos Invisíveis:

-TEMPLO INVISÍVEL Nº 1 - Juntos estamos sendo chamados para ver o que não pode ser visto, ouvir o que não pode ser ouvido, experimentar o desconhecido;

-TEMPLO INVISÍVEL Nº 2 – Uma forma de poder é trocada por outra. Isto abrirá as portas e limpará o caminho;

-TEMPLO INVISÍVEL Nº 3 – O desejo profundo de retornar a Unidade, causa uma aceleração dentro das unidades individuais de consciência, e conduz a uma profunda transformação;

-TEMPLO INVISÍVEL Nº 4 – Uma rosa é aberta dentro de nós. Uma vez totalmente aberta, esta rosa preciosa serve como um modelo para a nova estrela-mandala, que nos conduz ao Lar;

-TEMPLO INVISÍVEL Nº 5 – Silenciosamente entramos... Os santuários de nosso ser já foram abertos. As camadas externas foram desdobradas e floresceram. Nada permanece preservado no sagrado centro que agora se abre largamente em requintada entrega;

-TEMPLO INVISÍVEL Nº 6 – Assim, a perfeição do Mais Alto Plano é revelada. Todas as entradas permanecem abertas. O tempo de obstáculos finalmente passou. Término e liberdade chegaram;

-TEMPLO INVISÍVEL Nº 7 – Enquanto a viagem ao lar progride, os portais tornam-se cada vez mais vastos. Assim é a trilha iridiscente que conduz ao Grande Sol Central feito mais visível;

-TEMPLO INVISÍVEL Nº 8 – O novo não pode ser encontrado dentro da velha modelagem, nem sobre a antiga espiral. Torna-se necessária uma mudança nas espirais. Somos concitados a realizar o santo rumo ao desconhecido, ao novo;

-TEMPLO INVISÍVEL Nº 9 – No Coração do Grande Silêncio, enquanto nossos seres se enchem com a vastidão do nosso Silêncio, a brecha pode ser finalmente percebida. Podemos ousar ultrapassá-la;

-TEMPLO INVISÍVEL Nº 10 – A palavra chave é fusão. Essa fusão cria uma gota pura de Essência, muito diferente da que carregamos até agora;

-TEMPLO INVISÍVEL Nº 11 – Tudo o que não for tecido na fábrica da Realidade Maior, desaparecerá – posto fora para recomeçar outra vez;

-TEMPLO INVISÍVEL Nº 12 – A transferência está ativada. O Desconhecido se torna visível. O Grande Mistério é revelado em sua perfeita simplicidade de Propósito;

-TEMPLO INVISÍVEL Nº 13 – Ancoramos, totalmente, nossos seres além dos domínios da dualidade e não estamos mais sujeitos às ilusões limitantes de tempo, espaço e matéria;

-TEMPLO INVISÍVEL Nº 14 – Tudo some cada vez mais enquanto somos consumidos em níveis mais profundos da Luz líquida, trocando lampejos, nos chamando ao Lar;

-TEMPLO INVISÍVEL Nº 15 – Ascendendo através de uma esfera de Luz Branca ao espigão da mais alta pirâmide na Terra, compreendemos que o ponto mais alto foi alcançado;

-TEMPLO INVISÍVEL Nº 16 – A chave está sendo decodificada. Ela é percebida como uma placa transparente. Existe somente uma chave, ela reside dentro do Um;

-TEMPLO INVISÍVEL Nº 17 – Agora percebemos que nós mesmos temos um modelo totalmente novo. Temos assim espirais mudadas;

-TEMPLO INVISÍVEL Nº 18 – Quando nos fundimos com nosso Eu Estelar, o Invisível se torna visível, fora das limitações da dualidade.

8) Assim, diante do que vivenciamos agora, uma renovação está avançando na Terra. Assim também, está escrito, está selado e foi cumprido em nome da Luz, de todos os seres de todos os reinos que nos assistiram, da Grande Fraternidade Branca, da Confederação Intergaláctica. Que Assim Seja.


fonte: livro 11:11 de Solara.

Postagens populares

O Blog Filosofia Esotérica Brasil é de mesma autoria do Consciência Estelar, vote para melhor blog!

O QUE PROCURA? ACHE POR AQUI!